Sunday, February 12, 2017

Ex


E do nada apareceu aquele ex
Me chamando de meu bem
Veja que insensatez

Me tratou como um cão maltês
Ou pior, um pequenez 
Fiquei numa viuvez 
Foi grande o estrago que fez

Meu bem!  Ora, meu bem! 
Pensa que esqueci o que me fez 
Pra ficar bem foi pra lá de mês
Vai acabar ouvindo desaforos 
em bom português

Ah, se ao menos tivesse sido uma só vez
Mas foi uma, foi duas, foi três
Veio de novo, a branca tez e aquela cara de burguês
Chegou e me chamou: De meu bem. 

Me olhou como antes, com cara de amante francês
Titubeei, mas segurei
Juntei meu cearencês e disse: 
Olhe, seu filho d'uma égua, é muita desfaçatez! 
Tome o rumo da sua venta e não me apareça,
 nunca mais,  outra  vez. 




No comments:

Post a Comment